Poema em Clave de Fá

João Bargão

João Bargão é um humano que vai constantemente a Marte à procura de inspiração.
Escreve sobre desconforto social, melancolia, álcool, hipocrisia, entre outros…

Poema em Clave de Fá


A vida FAla constantemente com a morte
Será pelo FAtor de querer mais do que estar vivo?
Ando FArto de tentar algo que um sonho me elucida
Levo este FArdo às costas, já em crosta por tanto o desprezar

FAlam tanto de liberdade como se fosse a última fonte
FAce aos tempos de hoje em dia é um termo subjetivo
Aqui na terra a FAlsidade está enaltecida
Por isso crio a minha FÁbula em Marte, onde me posso libertar

Vai à FAva, dizem eles com a sua voz forte
Mas eu não choro nesse FAdo, o meu choro é subversivo
Lançam feitiços como FAdas numa magia cadenciada
As suas melodias são FArsas sem ouvidos para apreciar

Então FAço questão de me manter entre a primeira e a segunda linha
Nesta FAuna de pautas sem notas ||

Para acompanhar projectos musicais do João Bargão,

entra no seu canal do Youtube: www.youtube.com/channel/UC2fkTcsdE2IT6BTvRmruBBA

One thought on “Poema em Clave de Fá

  1. Gosto! Aprecio imenso o jogo das palavras. É o meu jogo preferido. Não deixes de o fazer. A partilha é a melhor arma da nossa espécie. Partilhando evoluímos e evitamos depressões. Parabéns!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s