Miguel Cordeiro

Open Call

Miguel Cordeiro limita-se a existir. Mas às vezes escreve qualquer coisa.

Quero tudo e não quero nada
Sou caminho de pó e sou estrada
Retrato de mim mesmo não consigo traçar
Faço preparos e não consigo continuar

Tenho frio
Sou traços de papel no vazio
Sou poeira das estrelas e não sou nada
Sou caminho de pó e sou estrada

Estou sozinho
Recebo de bom grado algum amor e carinho
Fico à espera de algum sinal para me ausentar
Retrato de mim mesmo não consigo traçar
Sou tantas coisas e não sou nada
Sou caminho de pó, sou encruzilhada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s